Sol Nascente
José Adelson

Professor de língua japonesa e jornalista.

Os Samurais Blues

24 de junho de 2014 - 10:50

Compartilhe

A seleção japonesa de futebol, também conhecida como Samurai Blue, é filiada à Fifa desde 1920 e já disputou quatro Copas do Mundo, sendo uma das mais bem sucedidas seleções asiáticas dos últimos tempos.

O primeiro resultado expressivo da seleção japonesa foi a medalha de bronze nas Olimpíadas de 1968, onde o esporte mais popular do país é o beisebol.A criação da J. League, em meados da década de 1990, auxiliou para a formação do seu selecionado, onde o primeiro resultado expressivo foi a conquista da Copa da Ásia em 1992, sediada no Japão, título que seria reeditado nos anos 2000, 2004 e 2011.

Em 2002 sediou a Copa do Mundo em conjunto com a Coréia do Sul alcançando as oitavas de final. No ano de 2010 chegou novamente às oitavas de final, quando foi eliminada.

Com a conquista da Copa Asiática em 2011 garantiu presença na Copa das Confederações em 2013 no Brasil, sendo o primeiro país a garantir uma vaga na Copa do Mundo Fifa 2014. O “grupo C”, do qual faz parte, é composto pelas seleções da Colômbia, Costa do Marfim e Grécia.

Intercâmbio com o Brasil
No ano de 1986, o jogador Kazu iniciou carreira profissional contratado pelo Santos F.C. e foi o primeiro japonês a conquistar uma posição em um grande time do futebol brasileiro. Ganhou destaque nas suas passagens por outros times no Brasil, como Palmeiras, Matsubara, CRB, XV de Jaú e Coritiba. Os japoneses em geral sabem que Pelé é o sakkã no ousama (rei do futebol), mas idolatria mesmo eles possuem por outro brasileiro: Arthur Antunes Coimbra – o nosso Zico.

Chamado de Jiko no Japão, o “galinho de Quintino” já era uma celebridade no Brasil por seus feitos no Flamengo e na até hoje admirada seleção brasileira de 1982.

Itu e Ito
A delegação japonesa ficará hospedada para a disputa da Copa no Brasil no SPA Sport Resort, um dos dois Centros de Treinamentos de Seleções (CTS) ituanos catalogados pela Fifa. A cidade de Itu deve se tornar irmã da cidade japonesa Ito. Este convênio busca estreitar os laços entre os municípios com várias características parecidas, entre elas o perfil turístico, além dos nomes semelhantes: Itu (Brasil) e Ito (Japão).

O prefeito ituano Antonio Tuize manifestou por meio de ofício endereçado ao prefeito de Ito, Hiromi Tsukuda, a intenção de estabelecer um intercâmbio cultural entre as cidades. Iniciaram os contatos para celebrar um convênio de cidades-irmãs – em japonês: shimai toshi. Parabéns Brasil! Parabéns Japão!

Diversão garantida na maior Estância Hidrotermal do mundo
A cidade goiana de Caldas Novas é conhecida, principalmente, por suas águas que brotam do chão chegando a atingir temperaturas de 60º. Além das águas quentes, a região de Caldas Novas é privilegiada por sua localização repleta de belezas naturais, explorada pelo Eco-turismo propiciado pela Serra de Caldas e a represa de Corumbá.
Com ótima estrutura voltada para atender bem o turista é possível encontrar agradáveis bares e restaurantes além de chalés, hotéis e pousadas, que proporcionam ótimas condições de conforto e lazer para todos que para lá viajam.