Literatura

04 DE JUNHO DE 2021

Livro de Autoajuda é um alívio na quarentena

Confira 21 dicas de livros de autoajuda que poderão ajudar a enfrentar os problemas da atualidade.

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

A quarentena causada pela pandemia do novo Coronavírus é um verdadeiro desafio, ainda mais que agora, após tanto tempo de isolamento.

A maioria das pessoas que ainda ficam em casa se encontram exaustas, tanto física quanto mentalmente.

Porém, ainda é necessário se manter isolado mesmo com a chegada das vacinas, pois o número de casos e mortes se mantém bem altos.

Para aliviar o stress, muitas pessoas assistem filmes, séries, jogam videogame, assistem vídeos no celular, fazem algum tipo de artesanato.

Por sua vez, outros preferem cozinhar e aprimorar os dotes culinários aprendendo novas receitas, e por aí vai.

A lista do que pode ser feito para passar o tempo é bem longa.

E um dos hábitos que tem aumentado entre os brasileiros é a leitura.

Uma pesquisa feita no ano passado contabilizou que, de Março até Julho, dos 15 livros mais vendidos aqui no Brasil, 10 eram de autoajuda.

Isso acontece pelo fato de que a população, ou pelo menos uma parte dela, está em busca de melhorar, aprender mais, querendo entender mais sobre a crise atual.

Ou o desemprego que está batendo recordes.

Ou ainda como pode se relacionar melhor com seu próprio dinheiro.

Não à toa, desses 10 mais vendidos, a maioria era relacionada à economia, e como tratar melhor sua conta bancária.

Caso você também queira entrar nessa onda de pessoas que estão querendo evoluir, tanto mental quanto fisicamente, abaixo há 21 recomendações de livros de autoajuda, dos mais variados autores.

 

Confira a listagem com 21 livros de autoajuda. Foto: Freepik Premium

Confira os títulos

Mais Esperto Que o Diabo, O Mistério Revelado da Liberdade e do Sucesso, de Napoleon Hill;
O Milagre do Amanhã, de Hal Elrod;
A Sutil Arte de Ligar o Foda-Se, de Mark Manson;
Felicidade, de Mario Sergio Cortella;
O Poder do Hábito, de Charles Duhigg;
Pai Rico, Pai Pobre, de Robert Kiyosaki e Sharon L. Lechter;
DNA da Cocriação, de Elainne Ourives;
A Coragem de Ser Imperfeito, de Brené Brown;
As Cinco Linguagens do Amor, de Gary Chapman;
Ansiedade – Como Enfrentar o Mal do Século, de Augusto Cury;
Fodeu Geral, de Mark Manson;
Do Mil ao Milhão Sem Cortar o Cafezinho, de Thiago Nigro;
Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas, de Dale Carnegie;
As Muralhas Vão Cair, do Padre Reginaldo Manzotti;
A Morte é um Dia Que Vale a Pena Viver, de Ana Claudia Quintana Arantes;
Minutos de Sabedoria, de C. Torres Pastorino;
Os Segredos da Mente Milionária, de T. Harv Eker;
O Poder do Agora, de Eckhart Tolle;
Atitude Positiva Diária, de Eduardo Volpato;
Atitude Mental Positiva, de Napoleon Hill;
Desperte a Sua Vitória, de William Sanches;

Para se sentir mais próximo dos amigos e familiares que estão longe por conta do isolamento, uma boa ideia é fazer um clube de leitura.

Assim, vocês formam um grupo, estipulam uma data para ler algum dos livros indicados acima, e depois se encontram (virtualmente, é claro) para discutir o que foi aprendido.

Assim, é possível não só conversar sobre temas que estão deixando todos aflitos, como a ansiedade, o stress, o medo.

Mas também de outros tópicos também, como a economia, o que cada um pode fazer para melhorar dentro da sua própria vida, como contribuir mais para a sociedade, entre outros.

Ler é um hábito que muda vidas.

Portanto, vale muito a pena começar a investir nessa mídia fantástica e maravilhosa que são os livros.

Para mais dicas de livros de auto ajuda acesse: https://melhormania.com.br/livro-de-auto-ajuda/

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.