Saúde

Nova UTI do Estivadores recebe pacientes com suspeita de Covid-19

Unidade começou a receber pacientes nesta quarta-feira (25)

26 de março de 2020 - 09:13

Da Redação

Compartilhe

Os novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) estruturados pela Prefeitura de Santos no Complexo Hospitalar dos Estivadores já começam a tratar pessoas com casos suspeitos do novo coronavírus (Covid-19).

O primeiro paciente deu entrada no novo setor, no nono andar do hospital. Foi no início da tarde desta quarta-feira (25), após transferência da UPA da Zona Noroeste.

O paciente é um homem de 42 anos, morador de São Vicente. Ele começou a apresentar sintomas similares da doença no dia 17 de março e buscou atendimento terça (24), na UPA, permanecendo em observação.

O caso suspeito já havia sido notificado pela unidade de pronto atendimento e as amostras coletadas do paciente serão analisadas pelo Instituto Adolfo Lutz (IAL), laboratório de referência do governo estadual para o diagnóstico e descarte de Covid-19.

Dentro do Plano de Contingência Regional, definido pelas prefeituras de Santos e região por meio do Conselho de Desenvolvimento da Baixada Santista (Condesb), está prevista a abertura de mais 20 leitos de UTI adulto no Estivadores – antes, a unidade contava com 17 leitos do tipo.

Deste total, 13 leitos já estão totalmente equipados para receber pacientes transferidos das unidades de pronto atendimento.

O início da operação dos outros sete leitos deverá ocorrer até abril, após aquisição de aparelhos restantes como ventiladores mecânicos; bombas de infusão e monitores multiparâmetros, alguns em falta no mercado.

Além disso, o hospital reservará 25 leitos de clínica médica (do total de 75 existentes). Para internação em enfermaria de casos menos graves suspeitos ou confirmados de Covid-19. Estes leitos estão concentrados no sétimo andar.

Mais leitos

A Prefeitura de Santos está atuando para a abertura de 470 novos leitos. São Unidades de Terapia Intensiva (UTI) para adultos e de enfermaria em equipamentos do SUS (Sistema Único de Saúde), hospitais filantrópicos e outras instituições hospitalares para enfrentar o novo coronavírus.

Além do Complexo dos Estivadores, equipamento mantido pela Prefeitura sob gestão compartilhada com o Instituto Social Hospital Alemão Oswaldo Cruz, também estão previstos leitos no novo Ambulatório de Especialidades (Ambesp); Complexo Hospitalar da Zona Noroeste; Hospital de Pequeno Porte (HPP – que funciona na área do antigo PS Central); UPA Central; UPA Zona Leste, Beneficência Portuguesa; Santa Casa; Guilherme Álvaro e Afip Medicina Diagnóstica.

LEIA TAMBÉM: