Santos encaminha 56 toneladas de vidro para reciclagem em 2023 | Boqnews
Foto: Arquivo/PMS

Meio Ambiente

22 DE JANEIRO DE 2024

Santos encaminha 56 toneladas de vidro para reciclagem em 2023

Atualmente, Santos tem 40 Pontos de Entrega Voluntária distribuídos em diversos locais da Cidade

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Um sucesso. Foi assim que Nathália Dias, representante da empresa Verallia, fabricante de embalagens de vidro e bebidas, classificou a coleta de vidros implantada em Santos desde março de 2023. De lá até o último mês de dezembro, 56 toneladas de vidro foram coletadas e recicladas.

“Santos, por ser a primeira cidade a fazer o convênio da Logística Reversa de vidro, alcançou um saldo muito positivo. Consideramos a parceria um sucesso”, afirmou Nathália.

Sendo assim, ela esteve na última quarta-feira (17) em Santos para um balanço dos dez meses de atividade com a Secretaria de Meio Ambiente (Semam).

Em razão do resultado, o secretário Marcos Libório informou que novos Pontos de Entrega Voluntária (PEV) serão instalados. Atualmente, Santos tem 40 PEVs distribuídos em vários pontos.

“Agradecemos muito o engajamento dos santistas, pedimos que continuem a apoiar esse importante serviço e vamos ampliar a oferta de pontos de descarte”, afirmou o secretário.

A instalação e a manutenção dos PEVs não têm qualquer custo para a Prefeitura. A operação dos equipamentos é feita pela empresa Massfix, que encaminha o vidro para a Verallia, onde é transformado em novos recipientes para o setor industrial.

Na reunião, a representante da Verallia chamou a atenção para os PEVs instalados próximos das escolas. “Esses locais chamaram a nossa atenção pelo volume de descartes corretos. Isso demonstra a assertividade na educação ambiental”, afirmou Nathália.

Além disso, outro destaque foram os quiosques da praia. “Houve grande aceitação e foi necessário, inclusive, aumentar o número de PEVs nessas áreas”, explicou Edna Viana, representante da Massfix.

O programa de coleta de vidros em Santos faz parte do Programa Vidro Vira Vidro, de Logística Reversa.

Portanto, o objetivo é aumentar a circularidade do material. Apenas com a utilização de cacos na produção de novas embalagens já é possível reduzir a extração de recursos naturais e a emissão de CO². A cada 10% de caco utilizado na produção, pode-se reduzir 5% de CO² e 2,5% a menos de consumo de energia no processo de fabricação.

A iniciativa prevê a instalação de mais de 1.500 postos de entrega em diversas cidades para aumentar a coleta de vidro para reciclagem e é liderada por dois importantes atores da cadeia do vidro no Brasil: a Verallia, líder europeia e terceira maior produtora de embalagens de vidro para alimentos e bebidas do mundo, e a Massfix, líder nacional na reciclagem de cacos de vidros.

Desse modo, a expectativa é de coletar 24 mil toneladas de caco por ano com o programa, o que ajudará a reduzir as emissões de CO² no processo de fabricação de embalagens de vidro, consumo de energia e o uso de matéria-prima virgem.

Além do vidro, os moradores de Santos podem fazer o descarte adequado de uma série de outros materiais, como resíduos eletrônicos, óleo de cozinha usado, pilhas, baterias, lâmpadas, remédios ou cápsulas de café. Confira a lista dos ecopontos.

 

Confira as notícias do Boqnews no Google News e fique bem informado.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.