Família de David Foster Wallace rejeita filme sobre o escritor | Boqnews

Cinema

22 DE ABRIL DE 2014

Família de David Foster Wallace rejeita filme sobre o escritor

Os parentes acreditam que o escritor nunca autorizaria a produção

Por: Thalles Galvão

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

A família do escritor americano David Foster Wallace, morto em 2008, divulgou um comunicado rejeitando o filme em produção sobre o autor, baseado em uma viagem feita por Wallace com um jornalista da revista “Rolling Stone”, em 1996.

Segundo a família, “David nunca teria concordado que essas transcrições salvas pudessem ser reutilizadas como a base de um filme”.

No longa “The End of the Tour”, o ator Jason Segel (“How I Met Your Mother”) assume o papel de Wallace e Jesse Eisenberg (“A Rede Social”) é o jornalista David Lipsky, autor do livro “Although of Course You End Up Becoming Yourself”, sobre a viagem de carro de cinco dias que fez com o escritor –durante o final da turnê para promover a obra de Wallace “Infinite Jest”.

O filme é dirigido por James Ponsoldt (“Smashed: De Volta a Realidade”). O comunicado, divulgado pelo jornal “Los Angeles Times”, é também assinado pelo Fundo Literário David Foster Wallace e pela editora Little, Brown. No texto, os representantes do escritor “desejam deixar claro que não têm nenhuma conexão com o filme, nem o apoiam ou endorsam”.

“Este longa é baseado nas transcrições de uma entrevista dada por David 18 anos atrás para um artigo de revista, sobre seu novo livro ‘Infinite Jest’.

O artigo nunca foi publicado e David nunca concordaria que essas mesmas transcrições fossem usadas como a base de um filme. Não foi avisado ao fundo que a produção estava sendo realizada e, de fato, apenas ouvimos falar sobre isto quando foi publicamente anunciado”, diz o texto.

“Para evitar qualquer dúvida, não há nenhuma circunstância na qual o Fundo Literário David Foster Wallace teria consentido na adaptação desta entrevista para um filme, e nós não consideramos ele uma homenagem”, afirma.

Segundo o fundo, os indivíduos envolvidos na produção estavam cientes das objeções feitas ao filme, e mesmo assim “insistiram em capitalizar sobre uma situação que deixa aqueles próximos de David incapazes de evitar a produção”.

A família ainda diz que “pretende explorar suas opções legais” contra o filme.

Wallace se matou em 2008, aos 46 anos. Após sua morte, o livro “The Pale King”, deixado inacabado pelo autor, foi publicado.
O fundo disse que permanece interessado em trabalhar com artistas que queiram fazer adaptações respeitosas, e que irá proteger o legado literário e pessoal de David com vigilância.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.