Ingressos para escolas de samba de Santos começam a ser vendidos | Boqnews
Foto: Raimundo Rosa/PMS

Carnaval

21 DE JANEIRO DE 2018

Ingressos para escolas de samba de Santos começam a ser vendidos

Pelo terceiro ano consecutivo, os desfiles das escolas de samba de Santos serão antecipados para os dias 2 e 3 de fevereiro. A novidade é que eles ocorrerão em apenas dois dias. Vendas começam nesta segunda (22)

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Neste ano, o Carnaval santista será realizado em duas noites, com 8 e 9 escolas, respectivamente, nos dias 2 e 3 de fevereiro. Foto: Raimundo Rosa/PMS-Arquivo

 

Começa nesta segunda-feira (22) a venda de ingressos para os desfiles das escolas de samba de Santos.

As vendas ocorrem a partir das 9h, no Teatro Municipal Braz Cubas (Av. Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias).

Eles acontecem  nos próximos dias 2 e 3 na Passarela Drauzio da Cruz.

A venda dos ingressos prosseguirá, sem interrupção, até 18h.

O bilhete custa R$10,00, mesmo valor do ano passado, mas quem doar 1 quilo de alimento não perecível – exceto sal e açúcar – pagará R$ 5,00.

Os gêneros serão repassados ao Fundo Social de Solidariedade.

 

Este é o terceiro ano em que os desfiles das escolas ocorrem uma semana antes do carnaval.

A alteração atende à solicitação da Liga Independente Cultural das Escolas de Samba de Santos (Licess).

 

Ordem

No dia 2 (sexta-feira), a partir das 20h, desfilarão as quatro agremiações do grupo de acesso (Mãos Entrelaçadas, Bandeirantes do Saboó, Mocidade Dependente do Samba e Padre Paulo).

Na sequência, desfilarão as cinco integrantes do grupo 1 – Unidos da Baixada, Imperatriz Alvinegra, Império da Vila, Dragões da Castelo e Unidos da Zona Noroeste.

Oito escolas do grupo especial ocuparão o sambódromo no dia 3 (sábado) – Real Mocidade Santista, União Imperial, Brasil, Sangue Jovem, Mocidade Amazonense, Vila Mathias, Unidos dos Morros e X-9.

 

Montagem

Já estão sendo montadas as primeiras tendas, que formarão as cinco frisas previstas no projeto para acomodar o público.

Quatro delas terão capacidade para cerca de 1.200 e a outra, para 1.500 foliões.

A frisa é formada por cinco tendas, cada uma com 10 metros por 10 metros.

Os cinco pavilhões acomodarão por volta de 7 mil pessoas.

Ainda serão instaladas, no início do sambódrono (próximo à Av. Nossa Senhora de Fátima), tendas na área de serviço.

Elas serão destinadas às equipes de Saúde, Guarda Municipal e Bombeiros Civis, entre outras.

Serão montadas seis lanchonetes a serem exploradas comercialmente por entidades assistenciais ligadas ao Fundo Social de Solidariedade.

Ficará isolada, ainda, a área para onde serão transportados os carros alegóricos das escolas de samba, em comboio marcado para o próximo dia 31.

 

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.