Turismo

Holambra: Beleza e diversão na Expoflora

A Capital Nacional das Flores, no interior de São Paulo, recebe milhares de visitantes atraídos pelas charmosas plantas

18 de agosto de 2019 - 09:00

Da Redação

Compartilhe

O interior paulista é composto por cidades carregadas de charme.

Na região de Campinas está uma das mais populares: Holambra. Antiga colônia holandesa, o local reúne o nome da cidade europeia, América e Brasil.

Holambra reúne os principais produtores de plantas ornamentais e flores, tornando-se o maior nome do setor.

Dessa forma, detém, desde 2011, o título de Capital Nacional das Flores.

Para apresentar as belezas cultivadas, a cidade sedia a Expoflora, maior exposição de flores e plantas ornamentais da América Latina.

O evento acontece de agosto a setembro e em 2019 chega a sua 38ª edição.

A feira começa no dia 30 de agosto e termina em 29 de setembro, seis dias depois do início da primavera.

 

O evento

A Expoflora reúne diversas atrações, oferecendo mais do que apenas flores.

Os costumes holandeses são propagados também por meio da dança, gastronomia, além de passeio para conhecer melhor a arquitetura e a história da cidade.

A culinária apresenta sabores variados, com panquecas, batatas, peixes, joelho de porco, salsichões, a famosa torta holandesa, e criações especiais desenvolvidas por chefs.

Já as danças buscam inspiração na natureza, em profissões e tradições típicas do povo holandês.

Em relação à atração principal do evento, destaca-se a Chuva de Pétalas, espetáculo diário.

São mais de 100 quilos de pétalas, cerca de 18 mil botões de rosas jogados para o alto.

De acordo com a tradição, o visitante que pegar uma pétala no ar terá desejos realizados.

Carros alegóricos desfilam pela cidade e há também mostra de paisagismo.

Os valores para a exposição são variáveis e podem ser acessados no site https://www.expoflora.com.br.

 

Outros passeios

Entre outras opções de locais para visitar na cidade, aparece o Moinho Povos Unidos com 38 metros de altura, que oferece vista privilegiada dos vastos campos da cidade.

Já o Museu Histórico da Imigração insere o visitante de Holambra no processo de imigração dos holandeses, com objetos originais e acervo fotográfico.

LEIA TAMBÉM: