Saúde

Imóvel sem uso

03 de agosto de 2020 - 12:58

Da Redação

Compartilhe

O vereador Benedito Furtado (PSB) – ao lado dos edis Telma de Souza (PT) e Rui de Rosis (PSL) – aguardam posição da Secretaria de Saúde.

Motivo: imóvel locado desde novembro à Rua Luis de Camões para a transferência da Secasa – Seção Casa de Apoio ao Paciente de HIV – Aids.

A locação custa R$ 12,5 mil mensais.

Portanto, já foram gastos R$ 100 mil em locação de imóvel que ainda não foi reformado, nem usado.

A Secasa funciona há décadas em imóvel na Rua Vahia de Abreu, 57, no Boqueirão.

Furtado também quer saber por qual razão o futuro imóvel onde funcionará o serviço custa aos cofres públicos três vezes mais que o valor pago atualmente.

A Prefeitura havia alegado que o até o final de julho iniciariam as reformas do imóvel, o que ainda não ocorreu.

Confira reportagem sobre o assunto neste link.

 

casa

Alugado desde novembro por R$ 12.500 mensais para um serviço de saúde que já funciona em outro endereço, imóvel permanece fechado após tanto tempo. Foto: Nando Santos

LEIA TAMBÉM: