Locado por R$ 25 mil/mês desde 2015, imóvel permanece sem uso | Boqnews
Foto: Nando Santos/Arquivo

PS da Zona Leste

28 DE JUNHO DE 2016

Locado por R$ 25 mil/mês desde 2015, imóvel permanece sem uso

Alugado desde fevereiro do ano passado pelo valor mensal de R$ 25 mil, imóvel foi reformado e já mostra sinais de abandono na sua entrada.

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}
Imóvel onde funcionará a sede provisória do Pronto Socorro da Zona Leste está locado desde fevereiro do ano passado ao valor mensal de R$ 25 mil

Imóvel onde funcionará a sede provisória do Pronto Socorro da Zona Leste está locado desde fevereiro do ano passado ao valor mensal de R$ 25 mil. Foto: Nando Santos

Quem passa pelo imóvel na Avenida Afonso Pena, 386, nem imagina que ali funcionará a nova sede do Pronto Socorro da Zona Leste. Alugada por R$ 600 mil pela Prefeitura para um contrato de 24 meses (R$ 25 mil mensais), o contrato vigora desde 11 de fevereiro de 2015 com validade até 10 de fevereiro de 2017 e assim a locação  já custou aos cofres municipais cerca de R$ 450 mil mesmo sem uso pela Municipalidade.

Aparentemente, o prédio está pronto, mas na entrada é possível ver restos de roupas, filmes de VHS e outros objetos descartados. Não bastasse, o forro logo acima da entrada da edificação está caindo, apesar da recente reforma.

Em 24 de julho do ano passado, a Prefeitura assinou contrato com a Dekton Engenharia e Construção para execução dos serviços de reforma e adequação do imóvel que vai abrigar as instalações provisórias do Pronto Socorro da Zona Leste para iniciar as obras da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região. O contrato foi de R$ 283.686,25, para serviços que incluem material, mão de obra e equipamentos.

Apesar de pronto e reformado, imóvel apresenta sinais de abandono na parte externa

Apesar de pronto e reformado, imóvel apresenta sinais de abandono na parte externa. Foto: Nando Santos

Os serviços tiveram início em agosto do ano passado, conforme o Diário Oficial, e deveriam ser concluídos em quatro meses. Com base no Portal da Transparência, o último dado a respeito do imóvel data de 28 de março  e foi feito pelo DEAT – Departamento de Atendimento e Transporte.

Os serviços foram gerenciados pela Secretaria de Infraestrutura e Edificações (Siedi). Após o término da obra, a Secretaria de Saúde pretendia fazer mudança dos equipamentos da sede atual para a provisória. Somente depois disso teria início a construção da UPA.

 

Surpreso

Informado sobre o assunto pela Reportagem do boqnews.com, o secretário de Saúde, Marcos Calvo, se mostrou surpreso e disse que o local passará por uma limpeza e os serviços necessários serão reparados pela empreiteira responsável pela reforma. Ele acredita que a mudança do PS da Zona Leste para o novo local, que funcionará de forma temporária até a entrega da nova UPA, ocorrerá nas próximas semanas.

 

Futura UPA

Um total de 3.074,04 m² de área construída, dois pavimentos acessíveis, além do subsolo (térreo e andar superior) e dois elevadores. Assim será a UPA Zona Leste, que oferecerá cerca de 30 leitos, sendo quatro de emergência, dois de observação pediátrica e uma sala de espera para 54 lugares, com recepção.

O edifício será erguido no terreno atualmente ocupado pelo Pronto Socorro da Zona Leste, na Pça. Visconde de Ouro Preto, no Estuário. A licitação para a obra já foi homologada. A vencedora, Lemam Construções e Comércio Ltda, terá prazo de 15 meses para execução da obra. O investimento é de R$ 5.595.883,73.

Assim, em razão do prazo e na demora para  a ocupação do imóvel o contrato para uso da sede provisória do PS da Zona Leste terá que ser naturalmente aditado, pois o mesmo terminará em fevereiro próximo.

 

 

 

 

 

 

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.