nacional

Programa Viaja Mais Melhor Idade começa no dia 9 de janeiro

O programa Viaja Mais Melhor Idade, do Ministério do Turismo, em parceria com a Associação Brasileira das Operadoras de Turismo…

25 de dezembro de 2010 - 18:25

Da Redação

Compartilhe

O programa Viaja Mais Melhor Idade, do Ministério do
Turismo, em parceria com a Associação Brasileira das Operadoras de
Turismo (Braztoa), para atender os turistas brasileiros maiores de 60
anos, inicia no próximo dia 9 de janeiro a temporada 2011, com
inovações.

Segundo o gerente nacional do programa, Enzo Arns,
essa temporada se diferencia da anterior porque oferece, pela primeira
vez aos aposentados, a oportunidade de viajar no verão, que é
considerado um período de altíssima temporada turística. Em 2010, a
temporada começou em março.

“Hoje, como já tem uma venda de baixa
temporada bastante consolidada, a gente não vê problema de oferecer
também um produto de alta temporada, até porque tem demanda, tem um
público interessado. Significa a maturidade desse programa, que está
com pouco mais de 3 anos e é exitoso em todas as suas vertentes”,
explicou.

A nova temporada será aberta por um cruzeiro no navio
Imperatriz, da CVC, uma das operadoras credenciadas do programa, do
qual participarão pelo menos 500 passageiros da melhor idade. A
capacidade total do navio é de 1.600 passageiros, dos quais boa parte
deverá ser de acompanhantes de idosos. Enzo Arns explicou que o
atendimento às demandas dos turistas com mais de 60 anos foi iniciado
já a partir do segundo semestre deste ano, com a venda de pacotes para
assistir ao Natal Luz, em Gramado (RS), e para as praias do nordeste.

“Era
um destino muito procurado pelos idosos e que agora a gente passou a
oferecer. Ele começou em novembro e vai até 15 de janeiro”, disse. No
total, são quase 5 mil passageiros atendidos nesses dois destinos.

O
ano de 2010 representou o melhor resultado do programa Viaja Mais
Melhor Idade, com 210 mil pacotes vendidos até agora. A expectativa,
porém, é encerrar o ano com cerca de 230 mil pacotes vendidos, o que
significará 15% a mais do que o volume registrado em 2008, que foi o
melhor ano de vendas. Desde sua criação, em setembro de 2007, o
programa comercializou 600 mil pacotes turísticos.

Em 2011,
segundo Enzo, a tendência permanece de crescimento. “A expectativa é
ainda mais ousada. A meta é ultrapassar a marca dos 300 mil pacotes
vendidos”.

Enzo lembrou que o programa não se restringe somente à
venda de pacotes turísticos, mas engloba descontos na aquisição de
hotéis e, mais recentemente, descontos de 25% a 35% em passagens
aéreas, graças à parceria com a empresa de aviação Trip.

O ano de
2010 marcou, ainda, a realização dos primeiros pacotes turísticos do
programa para o exterior. O destino foi o Chile. Em 2011, deverá ser
incluído um novo destino internacional no programa, que é a Argentina.
“A gente tanto vai receber argentinos no Brasil, como encaminhar
brasileiros para destinos na Argentina”, disse.

LEIA TAMBÉM: