Esporte

15 DE SETEMBRO DE 2021

Santos poderá ganhar Centro de Treinamento Paralímpico

O centro de treinamento para atletas paralímpicos de atletismo será instalado em alguma praça esportiva da Cidade, em local a ser definido.

Por: Da Redação

Embalado pelas conquistas obtidas tanto nas Olimpíadas como nas Paralimpíadas, Santos deve ganhar um centro de treinamento de atletismo para paratletas.

O anúncio deste futuro centro foi divulgado pelo presidente da Fupes, Christian Martins Pereira.

Por sua vez, a Fupes completou 25 anos de criação em agosto passado.

Dessa forma, Pereira participou do Jornal Enfoque – Manhã de Notícias desta quarta (15), onde relatou a intenção da prefeitura.

Nas Olimpíadas, Ana Marcela Cunha, baiana radicada em Santos, ganhou o ouro na maratona aquática, algo que não ocorria há 29 anos, com  a conquista de Rogério Sampaio no judô.

Por sua vez, cinco das 72 medalhas nas Paralimpíadas foram vencidas por atletas da Cidade, sendo quatro de esportistas da Fupes.

Casos de  Beth Gomes (ouro – lançamento de disco) e Nathan Torquato (ouro – Taekwondo).

Além disso, Alex Pires (prata – maratona atletismo) e a mesatenista Jennyfer Parinos (bronze por equipes).

Além de Leomon Moreno, goleiro da seleção masculina de goalball (ouro), que atua no Lar das Moças Cegas/Santos FC.

“O prefeito Rogério Santos está dando todo apoio para a criação deste centro”, salientou.

Além disso, o espaço de treinamento irá para algum dos próprios municipais, em área ainda a definir.

Por exemplo, a campeã olímpica, Beth Gomes, treina na AA dos Portuários.

No entanto, em razão da venda de parte da área, pertencente ao governo federal, à iniciativa privada, ela terá que procurar um novo local para treinamento.

Assim, um espaço dedicado aos paratletas para os treinos passa a ser fundamental para dar continuidade às conquistas.

Presidente da Fupes, Christian Martins Pereira, adiantou que Santos deverá ganhar um centro de treinamento para atletas de atletismo
paralímpicos. Foto: Carla Nascimento

 

Jogos da Juventude

Portanto, graças à mobilização de jovens atletas, Santos voltará a participar dos Jogos da Juventude em fevereiro de 2022.

Por sua vez, algo que não ocorria desde 2016.

Dessa forma, o projeto foi o mais votado no Orçamento Participativo 2022.

Assim, ficará com R$ 300 mil.

Dessa forma, cerca de 500 pessoas, especialmente jovens, participarão do evento, graças ao valor já carimbado.

Ainda mais: garantido.

Outros temas

Além disso, o presidente da Fupes também abordou também que a Arena Santos não sediará mais eventos de cunho não esportivo, como os religiosos, que ocorriam anteriormente.

“Acertamos com a Secretaria de Esporte para ser usado exclusivamente para os atletas durante a semana”, salientou.

Não bastasse, Martins acrescentou que dois atletas olímpicos deverão treinar na Cidade.

“Estamos concluindo detalhes”, enfatiza.

E ainda o apoio das empresas para o Bolsa Atleta, além de parcerias com universidades.

Como ocorre com a Universidade Santa Cecília, que apoia atletas da natação, como o caso de Ana Marcela Cunha, entre outros.

Confira o programa completo

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.