Confira algumas personalidades que marcam a história de Santos | Boqnews
Foto: Arte Mala

Curiosidade

25 DE JANEIRO DE 2023

Confira algumas personalidades que marcam a história de Santos

Completando 477 anos, Santos tem sua rica história com diversos personagens nascidos ou que fincaram raízes na Cidade

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Santos completa 477 anos em 26 de janeiro. Sendo assim, o município ficou marcado por personalidades que projetaram o nome do munícipio ao mundo.

 História

No cenário histórico e político de Santos houveram diversos rostos.

Desse modo, segundo Sérgio Williams presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Santos, Brás Cubas, “trouxe a primeira misericórdia sob a evocação de todos os santos, o que inspirou o nome da cidade, Santos tem esse nome em função dele” conta.

Bartolomeu de Gusmão, de acordo com Williams “criou o balão de ar quente, que era possível controlar a direção e nasceu a navegabilidade aérea. É o patrono da navegação aérea.”
Contudo, José Bonifácio foi presidente governativo de São Paulo. Dessa maneira, tornou-se o principal organizador da Independência do Brasil com destaque no processo constitucional. Benedito Calixto foi pintor, professor, ensaísta e historiador. Decorou o teto do Theatro Guarany.

Política 

Belmiro Ribeiro de Moraes e Silva foi segundo prefeito de Santos. Sendo assim, ingressando na Câmara Municipal, foi presidente da Mesa Diretora. Presidiu a Associação Comercial de Santos e provedor da Santa Casa da Misericórdia. Além disso, seu nome foi popularmente imortalizado com a construção do Estádio Urbano Caldeira, também chamado de Vila Belmiro.

Mário Covas foi deputado federal em dois mandatos. Foi vice-presidente da União Brasileira dos Estudantes (UNE), em São Paulo. Assim, eleito senador com a maior votação da história do País. Foi governador do Estado de São Paulo e reeleito. No Santos FC foi o engenheiro responsável por várias obras de vulto na Vila Belmiro, como a construção da cobertura das cadeiras sociais.

Ademais, outro destaque foi a ex-prefeita Telma de Souza. “Ela sempre foi ligada aos trabalhadores portuários, ia em greves, manifestações. Foi um dos primeiros municípios do país que teve o PT como representação uma prefeita” ressalta a historiadora e arqueóloga Cristiane Amarante.

Ministros

Celso Amorim foi ministro das Relações Exteriores de Itamar Franco e do primeiro governo de Lula. No entanto,  pelo governo de Fernando Henrique Cardoso atuou como representante do Brasil em diversos países e na ONU. Foi ministro da Defesa durante o governo de Dilma Rousseff (PT). Contudo, atualmente é assessor-chefe da Assessoria Especial do presidente Lula.

Aloizio Mercadante foi deputado federal em dois mandatos e senador de São Paulo. Foi ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação. Também comandou a pasta da educação duas vezes. Além disso, foi ministro-chefe da Casa Civil. Todavia, no cenário atual, Mercadante foi indicado pelo presidente Lula como futuro presidente do BNDES.

O ex-governador e atual ministro Márcio França nasceu em Santos, apesar do seu berço político ser São Vicente. Ademais, trilhou sua carreira política sempre no mesmo partido (PSB). Foi eleito duas vezes vereador, duas vezes prefeito de São Vicente, duas vezes deputado federal, vice-governador e governador do Estado de São Paulo. Todavia, atualmente, ocupa o cargo de ministro de Portos e Aeroportos. Entre os políticos que o inspiram estão o presidente Lula, o vice-presidente Geraldo Alckmin; além de Mário Covas, João Mangabeira, Miguel Arraes e Eduardo Campos, já falecidos.

Arte e cultura

Ademais, Patrícia Rehder Galvão, conhecida como “Pagu” foi escritora, jornalista, produtora cultural e militante política brasileira. Comandou uma greve de estivadores em Santos e foi presa. Incentivou grupos amadores de teatro e trouxe seus espetáculos para Santos. Líder na construção do Teatro Municipal. Fundou a Associação dos Jornalistas Profissionais e também a União do Teatro Amador de Santos.

Ney Latorraca, ator com mais de 50 anos dedicados a TV, teatro e cinema. Nuno Leal Maia, ator que se destacou no teatro, cinema e TV.

Plínio Marcos foi escritor, ator e teatrólogo brasileiro. O destaque das suas obras eram a denúncia e protesto contra as formas de organizações sociais.

Djamila Ribeiro filósofa, ativista social, professora e escritora. Dessa forma, ela denuncia a violência e a desigualdade social (principalmente contra negros e mulheres), características da sociedade brasileira.

Esportes

Cisco Araña é um surfista de destaque mundial. No entanto, o trabalho que realiza nas escolinhas.

“No posto 2/ escola radical atende até 400 alunos por ano, atualmente o foco principal são as pessoas maiores de 50 anos. Isso é inédito no mundo, chegando a 180 alunos” revela.

Além disso, trabalhando com os PCDS na inclusão ao esporte.

Pelé foi o atleta do século XX e inspirou novos esportistas. Conquistou três copas do mundo. Portanto, chegou a marca de 1.283, sendo o maior artilheiro da história do futebol mundial. Neymar foi campeão da Libertadores da América, ganhou medalha de ouro nas Olimpíadas e venceu a Liga dos Campeões da Europa pelo Barcelona. Todavia, atualmente joga pelo Paris Saint-Germain da França.

Além disso, o Rogério Sampaio foi judoca, ganhou a medalha de ouro no judô nos Jogos Olímpicos de Barcelona, em 1992.

Música 

Chorão foi cantor e compositor, vocalista da banda de rock Charlie Brown Jr. Seus sucessos foram “Dias de Luta, Dias de Glória”; “Zóio de Lula”; “Tamo aí na atividade”; “Só os loucos sabem” e entre muitos outros.

 

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.